Aprovado projeto que garante seguro-desemprego para artistas, músicos e técnicos em espetáculo

[Foto: ]

Projeto de lei da ex-senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), que prevê a concessão de seguro-desemprego para artistas, músicos e técnicos em espetáculos de diversão foi aprovado nesta quarta-feira (21) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). A matéria foi aprovada de forma terminativa .

De acordo com a proposta (PLS 211/10), o profissional terá direito a um salário mínimo como seguro-desemprego por um prazo máximo de quatro meses, de forma contínua ou alternada. Para isso, o beneficiário terá de comprovar que trabalhou em atividades da área por, pelo menos, 60 dias nos 12 meses anteriores à data do pedido do benefício e que não está recebendo outro benefício previdenciário de prestação continuada ou auxílio-desemprego. Além disso, é necessário ter efetuado os recolhimentos previdenciários relativos ao período de trabalho, bem como não possuir renda de qualquer natureza.

O projeto altera a lei que trata do Programa do Seguro- Desemprego, do Abono Salarial e institui o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) – Lei 7.998/90. Ao justificar a apresentação do projeto, Marisa Serrano afirmou que a categoria é uma das menos amparadas pela proteção social em nosso país.

Em seu parecer, a relatora da matéria na CAS, senadora Ana Amélia (PP-RS), ressaltou que, apesar de representar uma parcela pequena da população (65 mil trabalhadores ou 0,08% da população economicamente ativa), a categoria é sujeita a desemprego permanente, da ordem de 80 a 85%. Além disso, destacou, quando estão trabalhando, esses profissionais envolvem-se em relações informais de emprego, que ainda são de curta duração.

– As categorias que se pretende proteger, dos músicos, artistas performáticos, incluindo os bailarinos e técnicos em espetáculos de diversão [tais como os cenografistas, figurinistas, iluminadores, etc], constituem um grupo que, a despeito de uma imagem glamurizada, se encontram em situação de grande vulnerabilidade social – observou Ana Amélia.

 

Fonte: Agência Senado

Anúncios

OneMix para controlar tudo – Allen & Heath lança aplicativo de mixagem de monitor para iPad

Captura de tela 2013-03-22 às 11.11.19

A Allen & Heath lançou o iLive OneMix, uma versão reduzida de seu aplicativo iLive MixPad que permite que músicos individuais customizem sua própria mixagem de monitor a partir de um iPad, conectando-o de maneira wireless a um console digital iLive. Sendo a mais nova adição ao ambiente de mixagem iLive da empresa, o OneMix apresenta um conjunto de sensatos recursos que permitem que o designer do sistema estabeleça exatamente quais canais de áudio cada iPad pode acessar e exatamente quanto o usuário é autorizado a mudar.
Até 16 iPads rodando o OneMix podem ser conectados a um sistema iLive, todos independentes entre si e fixos na mixagem de monitor auxiliar apropriada para cada músico. Dependendo de quais permissões adicionais são concedidas, o usuário pode então selecionar quais outros sinais ele deseja monitorar, ajustar volumes e pan, colocar e tirar mute em canais e mais. Isso significa que cada iPad pode ser adaptado para combinar com o conhecimento técnico do usuário e que o engenheiro de som continua no controle geral. O iLive OneMix para iPad já está disponível para download na loja do iTunes, custando US$7,99*.

www.allen-heath.com

www.audiopremier.com.br

Fonte: Sound on Sound

Microfone de muitas cores – Especialista em surround-sound Holophone lança condensador de palco

Captura de tela 2013-03-22 às 11.15.25

 

A Holophone, a fabricante de microfones canadense mais conhecida por seus singulares microfones surround-sound de formato oval, lançou uma nova série de microfones condensadores handheld projetados para o uso ao vivo e também em aplicações de gravação em estúdio e broadcast. A empresa não se refreou em sua primeira investida no mercado de microfones de palco de um canal – seus novos microfones Super C podem ser extensivamente customizados em várias cores vivas e os usuários podem trocar livremente a caixa, filtro de vento e grade do microfone por componentes de cor diferente. Montado à mão no Canadá, o Super C de aparência retrô não se trata apenas do visual. Projetado para oferecer durabilidade, conforto e baixo ruído de manuseio, este microfone supercardioide apresenta a mesma tecnologia de cápsula patenteada encontrada em microfones surround da Holophone como o H2-Pro. Disponível em 2013, o Holophone Super C custa R$ 1.699. Visom Digital (21)3323-3300
www.visomdigital.com.br

www.holophone.com

 

Fonte: Sound on Sound

Behringer apresenta PAs portáteis

 (Divulgação)
Três são os modelos da linha Europort, de PAs portáteis da Behringer, anunciados recentemente pela companhia: EPA900 (foto), EPA300 e EPA150. Cada um possui cerca de 100 presets, processador FX 24 bits, sistema antimicrofonia e, sim, um microfone Behringer XM1800S, podendo ser instalados e acionados de forma rápida e descomplicada. Um aspecto fundamental dos novos sistemas é que eles se tornam seus próprios cases de transporte. Todos os componentes podem ser guardados em uma mala resistente e de transporte fácil.Entre as características dos sistemas, destacam-se, ainda, o fato de que oferecerem 300 watts, mixer de seis canais, woofers de 8″, driver de 1.35″, equalizador de duas bandas, pad selecionável e LEDs de clip em todos os canais mono. Mais? Equalizador gráfico estéreo de cinco bandas, dois pré-amps com chave de phantom power +48V e a função Voice Canceller, que remove a voz nas gravações para que os karaokês não fiquem limitados às velhas canções dos velhos catálogos.

www.behringer.com
www.proshows.com.br

Publicado em 12/3/2013 – 17h28
Fonte: Musitec

PROMOÇÃO DO MÊS DE MARÇO

promoção

PROMOÇÃO DO MÊS DE MARÇO

Você que está querendo realizar um trabalho de produção musical nesse final de mês, o Studio Atlanta está com uma promoção imperdível.  Somente até o dia 28 de março, todos os projetos de produção musical iniciados até esta data, estarão ganhando a masterização grátis. Venha já aproveitar!

“SOMENTE ATÉ O DIA 28 DE MARÇO DE 2013”

Roland apresenta aplicativo para console M-200i

M-200i V-Mixer permite o controle do console através do iPad
 (Divulgação)
Durante a BVE 2013, que acontece até o dia 28 no Reino Unido, a Roland apresentou seu novo M-200i V-Mixer, um aplicativo para iPad que permite o controle de todas as principais características do console M-200i. De qualquer lugar é possível controlar os pré-amp, pan, filtros, PEQ e GEQ. Ele também permite que o usuário guarde e relembre as cenas, ajuste compressores e gates, envie em faders e realize edição de efeitos.A rede sem fio é criada através da conexão entre o roteador e a entrada LAN do M-200i ou conectando o adaptador Roland Wireless Connect (WNA1100-RL) a uma entrada USB.

O mixer possui 32 canais com 17 faders motorizados, oito saídas AUX / quatro saídas Matrix, oito DCAS, junto com 24 entradas e 14 saídas no console em si (expansível até 64×54 através da porta REAC e da tecnologia Roland Digital Snake). O M-200i também pode mixar em fontes de áudio via USB. O recurso “toque e volta permite que o usuário toque um parâmetro em particular no iPad e controle-o com um botão físico no console.

O console também inclui um REAC (Roland Ethernet Áudio Communication), que permite opções de expansão, tais como mixagem personalizada, gravação multi-canal ao vivo ou de reprodução usando o R-1000 48 pistas Recorder/ Player, bem como a gravação somente através do software SONAR Cakewalk. A porta REAC também pode expandir o número de entradas físicas através da ligação ao Digital Snake através de um único cabo Cat5e/6.

Ao utilizar o M-200i sem um iPad, o console é totalmente controlável através de sua tela LCD.

Publicado em 26/2/2013 – 21h46
Fonte: Musitec